A mulher NO século 21

A mulher NO século 21

Publicado em 15/03/2018

Compartilhe

           Ser mulher é dádiva de Deus e ao mesmo tempo um desafio após desafio. O título deste texto é sugestivo quando diz: “mulher NO” e não “mulher DO” século 21. Ao longo da existência humana percebemos que nós mulheres continuamos com características semelhantes, digo no quesito comportamental, o que revela que o que muda são as tendências, as culturas, as tradições, os paradigmas, enfim, mas lá no fundo, somos parecidas. Nos nossos dias com tantos direitos conquistados, não sem lutas, ainda assim, é necessário esforços para romper as barreiras que estão diante de nós no caminho dos nossos sonhos.

Quero levar as mulheres a refletir que, embora nada seja fácil, porém com perseverança, ânimo, fé, esforço, alcançaremos os nossos objetivos. Olhando para as mulheres da Bíblia que viveram num contexto muito diferente do nosso, onde não existiam direitos para elas, todavia, foram fortes, corajosas e se tornaram notáveis por seus feitos e atitudes.

            Eva foi a primeira mulher (Gn 2.15-3.24), acusada de ser a culpada por todos os problemas existentes, afinal, o pecado entrou por causa da sua desobediência. Não a defendo, mas ela foi simplesmente mulher, quando deixou que a sua curiosidade fosse maior do que o seu dever de se manter fiel a uma ordem do Senhor. Nos deixou um exemplo do que não fazer: não abra diálogo com o inimigo e confie em tudo o que Deus diz, Ele sabe o que faz! Ela foi a primeira a sentir a dor no parto, mas também a primeira a saber quão maravilhoso é o dom de ser mãe, isso é exclusivo para nós mulheres!

            Abigail (1 Sm 25.1-42) nos deu exemplo de sabedoria e inteligência quando livrou sua casa de uma grande tragédia, interceptando um furioso Davi que estava decidido a acabar com todos os seus por causa da maldade e tolice de seu esposo Nabal. Nos ensinou que a mulher sábia, equilibrada, tem o poder de evitar tragédias se assim for necessário. Toda mulher tem em si poder de persuasão e se o usa de modo positivo vence batalhas! Algum tempo depois Abigail se tornou esposa do rei Davi após a morte de Nabal, pois o seu feito havia chamado a atenção do futuro rei.

            Rute e Noemi (Livro de Rute) viúvas e sozinhas, mas tementes a Deus, mesmo com dor e amargura por causa da situação difícil que estavam enfrentando decidiram se levantar e ir em busca de um recomeço. É lindo ver a cumplicidade entre essa nora e sogra que se uniram como se fossem mãe e filha, juntas foram abençoadas por Deus e venceram aquele tempo de escassez que atravessaram com trabalho e humildade. Deus levantou Boaz para resgatá-las e Rute teve como seu descendente o rei Davi.

            E muitas outras mulheres tiveram seus nomes e feitos registrados na Palavra de Deus para nos ser por exemplos de superação, força, sabedoria, graça, e para que saibamos que não importa o tempo, o lugar, a época, o contexto, a condição financeira, mas importa sim que acreditemos que o Senhor nos fez de maneira extraordinária para um grande propósito. Apesar de sermos mais sensíveis e termos corpos mais frágeis em relação ao corpo masculino, se quisermos e acreditarmos podemos sim romper nossos limites e avançarmos vitoriosas debaixo da direção de Deus, com sabedoria, aplicando em nossas vidas a orientação do Espírito Santo revelada através da Palavra de Deus.

            Parabéns a você, mulher! Deus a abençoe a cada dia para que você também possa deixar a sua marca neste tempo chamado Hoje!

 Cirlene Garrido Araújo – ICPI Andradina-SP