A Liderança de Jesus

A Liderança de Jesus

Publicado em 17/08/2018

Compartilhe

A Liderança de Jesus começou com o seu convite feito a homens comuns. Ele não escolheu homens religiosos, como se esperaria. Jesus viu mais potencial em "leigos" do que em clérigos. Provavelmente a razão disso é o fato de que pessoas, como pescadores e coletores de impostos, tinham menos resistência aos conceitos de Jesus do que os religiosos. 

•Alguns pontos para refletirmos 

- Jesus enfatizou a felicidade dos que adotam a sua própria mentalidade. Essa nova mente teria as características vividas pelo próprio Senhor Jesus. Não são os altivos e os arrogantes, mas os humildes que observam fielmente os valores do Reino.

- Jesus exigiu que os seus discípulos morressem para que realmente pudessem viver (...) O que isso significa, então, é que o líder, para ser como Jesus, necessita abandonar sua própria vontade e abraçar a vontade de Deus.

- Jesus ensinou aos seus seguidores a importância da compaixão. Jesus sentiu profunda compaixão dos necessitados. " Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, por que estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não têm pastor. ( Mt. 9.35). Líderes atuais não devem jamais esquecer essas lições. A liderança que exclui o fraco, o doente e os membros esquecidos da sociedade, não reflete o ensino de Jesus.